Empreender em Petrópolis

Petrópolis

Uma das cidades serranas mais conhecidas e famosas do estado do Rio de Janeiro, Petrópolis possui o passado e o presente se entrelaçando entre suas ruas e construções.

Petrópolis ocupa uma área de 795,798 km², contando com uma população de 305 917 habitantes (2014), segundo o IBGE. Além de ser a maior e mais populosa cidade da Região Serrana Fluminense, também detém o maior PIB - PIB - R$ 37.636,57 da região.

Petrópolis


Logística

Logística

Petrópolis está às margens de uma das principais rodovias do país, a BR-040, que liga o Rio de Janeiro ao Distrito Federal. A economia do município se beneficia desta condição privilegiada em termos de logística, pois num raio de 500 km encontram- se em torno de 43% do PIB e 70% da movimentação de cargas do país Petrópolis conta ainda com o entroncamento da BR–393, em Três Rios, possibilitando o acesso a São Paulo e ao Sul do País. Esta mesma rodovia permite o escoamento da produção para todo o Nordeste do Brasil. Outra rodovia federal é a BR-495, que liga o distrito de Itaipava a Teresópolis.

A antiga estrada União Indústria, em Itaipava, se junta à RJ-134 na altura do distrito de Posse, seguindo para São José do Vale do Rio Preto, a nordeste. A RJ-107 desce a serra em direção à Magé; A RJ-117, em leito natural, sai da localidade de Araras em direção a Paty do Alferes, a oeste e a RJ-123, rodovia parcialmente de chão, liga a região de Pedro do Rio ao distrito de Avelar, também em Paty.



População

Petrópolis conta com uma população de 295.917 pessoas - de acordo com Censo IBGE 2010: Mulheres: 154.921 e Homens: 140.996.

População distribuída por distrito:

Centro: 185.876 (63%)
Cascatinha: 64.936 (22%)
Itaipava: 20.444 (7%)
Pedro do Rio: 14.079 (5%)
Posse: 10.582 (3%)
Densidade: 371 habitantes por quilômetro quadrado

População

Petrópolis está entre os 10 municípios mais populosos do Estado do Rio 281.285 vivem no centro urbano 14.632 vivem na área rural Em relação ao último Censo realizado em 2000, a população petropolitana aumentou em quase 10 mil pessoas.

São 96.208 domicílios identificados pelo IBGE



Índice de Desenvolvimento dos municípios

Índice de Desenvolvimento dos municípios

O Índice Firjan de Desenvolvimento dos Municípios (IFDM)* 2015 (com base nos dados de 2013), avalia as condições de educação, saúde, emprego e renda de todos os municípios brasileiros. São avaliados 5.517 municípios. Petrópolis está entre as dez do estado, ficando em 9° lugar no ranking e em 531º no nacional.


Índice Firjan de Gestão Fiscal

De acordo com o Índice Firjan de Gestão Fiscal (com dados de 2016), Petrópolis está na 16º colocação, no estado, e 1601º nacional, com melhores resultados, considerada uma boa gestão.



Economia

Os setores econômicos da cidade são: Comércio, Turismo, Gastronomia, Tecnologia da Informação, Polo Cervejeiro, Indústrias, Construção Civil, Serviços, Agricultura, Agricultura Orgânica, Polos de Moda e Economia Criativa.

O setor de comércios e serviços é a principal atividade econômica da cidade, com mais de 4 mil estabelecimentos, de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Esse também é o setor que mais oferece oportunidades de emprego na cidade.

Economia


Orçamento da PMP

Orçamento da PMP

A Lei Orçamentária anual 2018 - com receita estimada em R$ 1 bilhão prevê a destinação de R$ 329 milhões para a Saúde - o valor previsto corresponde a 33% do orçamento – mais do que o dobro do que prevê a Constituição - 15%. Na Educação, o reforço é de R$ 24 milhões – valor também superior ao que determina a Constituição.

O orçamento para 2018 prevê ainda a destinação de R$ 49,2 milhões voltados para urbanismo, R$ 17 milhões em Assistência Social, R$ 3,5 milhões em segurança pública, R$ 3,1 milhões para ações da Defesa Civil, além de R$ 2 milhões em Planejamento e R$ 1,9 milhão para o Turismo



Turismo

Petrópolis recebe anualmente uma média de 1,6 milhão de turistas e conta com 6.365 mil leitos disponíveis. O setor representa R$ 660 milhões do PIB anual do município. Em grandes festas, como o Natal Imperial, chegam a ser injetados R$ 220 milhões na economia da cidade, com a passagem de mais de 330 mil pessoas pela festa, como ocorreu em 2017.

O turismo conta com cerca de 8 mil empregos diretos ligados ao setor em Petrópolis, em hotéis, pousadas, restaurantes e agências de viagem.

Turismo


Segurança

Segurança

Petrópolis é a cidade mais segura do estado do Rio de Janeiro e a sexta cidade mais segura do Brasil, segundo classificação do IPEA para cidades de médio e grande portes. A cidade possui o Centro Integrado de Operações que conta com 46 pontos de monitoramento – em toda a cidade – câmeras que gravam em 360°. Além disso, cinco entradas da cidade contam com câmeras fixas que fazem a leitura de placas de veículos.



Transporte

A frota de Petrópolis conta com 148.663 veículos:
Automóveis – 100.088;
Motocicleta – 22.185;
Utilitários – 1.485;
Ônibus – 954;
Micro-ônibus – 711
Demais – 23.241.

Transporte


Transporte

Seis empresas operam no transporte coletivo do município com 241 linhas. Juntas, empregam cerca de 2.600 pessoas:

Turb – 52 (27 região de Corrêas e 25 região de Itaipava e arredores)
PetroIta – 90 (atende Centro, Quitandinha e Alto da Serra)
Cidade Real – 45 (atende Bingen e Mosela)
Cidade das Hortências – 24 (atende Quissamã, Itamarati, Cascatinha e Samambaia)
Cascatinha – 28 (atende Estrada da Saudade, Retiro e Roseiral)
Transpal – 2 (Posse)

A cidade possui, ainda, quatro terminais de ônibus (Centro, Cascatinha, Corrêas e Itaipava) e a Rodoviária do Bingen. O estacionamento rotativo conta com 1.700 vagas distribuídas em 35 ruas no Centro e arredores, sendo 400 só no Bingen. A cobrança é feita por mais de 50 parquímetros.



Saúde

A cidade conta com oito hospitais. São dois próprios – Hospital Alcides Carneiro (HAC) e Hospital Municipal Nélson de Sá Earp (HMNSE); Um filantrópico contratualizado – Hospital Santa Teresa (HST), além de três credenciados/habilitados: Hospital Clínico de Corrêas, Sanatório Oswaldo Cruz e Casa de Saúde Santa Mônica (psiquiátrico). Duas unidades são privadas: SMH e Unimed.

Saúde


Saúde

A rede de urgência conta com duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) – Centro e Cascatinha, além do serviço de urgência e emergência no HAC e HST; Pronto Socorro do HMNSE; Pronto Socorro do Alto da Serra; Duas unidades de pronto atendimento - Pedro do Rio e Posse e Serviço de Atendimento Móvel - SAMU de atenção pré-hospitalar.

A Rede de Atenção Básica é composta por 50 unidades de saúde que cobrem 78% da população. São 37 postos de saúde com 44 equipes de Estratégia de Saúde da Família (PSF) – cobre 44,21% da população - 23 deles possuem saúde bucal; 10 Unidades Básicas de Saúde; Dois Centros de Saúde; Um Centro de Especialidade.



Educação

Petrópolis possui 184 unidades de ensino públicas - 114 escolas e 70 Centros de Educação Infantil. Segundo o IBGE, a taxa de escolarização de 6 a 14 anos é de 97,4%. O IDEB - Indice de Desenvolvimento da Educação Básica - dos anos iniciais do ensino fundamental (2015) é de 5,5. Já o índice dos anos finais do ensino fundamental é 4,1.

A cidade tem vocação universitária. São mais de seis mil alunos distribuídos em 11 instituições, privadas e públicas, gerando cerca de dois mil empregos: UERJ, UFF, Estácio de Sá, FMP/Fase, UCP, Instituto Superior de Tecnologia, Faeterj, Cefet, LNCC, Cederj e Unopar.

Educação


Tecnologia

Tecnologia

A cidade é a sede do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Local onde está armazenado o supercomputador Santos Dumont, capaz de fazer com que 1,1 trilhão de operações sejam feitas no mesmo “um segundo”. Uma das vocações da cidade, o setor de Tecnologia conta com 480 empresas e fatura R$ 355 milhões por ano. Este potencial está agora associado à Teresópolis e Nova Friburgo que, com a Cidade Imperial formam o Serratec, o maior Parque Tecnológico do interior do estado.



Casa de grandes empresas

Petrópolis sedia grandes empresas como GE Celma – especializada em revisões de turbinas de aviões tem 2,1 mil funcionários; Cervejaria Itaipava (Grupo Petrópolis) - empresa possui sete unidades fabris, mas a fundação do Grupo Petrópolis ocorreu em Petrópolis. O Grupo é responsável pela geração de 26 mil empregos diretos em todo o país; Carl Weiss, Empresa internacional do ramo de ótica que emprega diretamente 580 pessoas em Petrópolis. Cervejaria Bohêmia – tradição na cidade e no país mantêm o Museu da Cerveja, fábrica, restaurante e bar abertos para a visitação, empregando cerca de 200 pessoas.

Casa de grandes empresas


Petrópolis Capital Estadual da Cerveja

Petrópolis Capital Estadual da Cerveja

Petrópolis passou a ser oficialmente a Capital Estadual da Cerveja, com a sanção, pelo governador Luiz Fernando Pezão, da Lei 7.650, publicada em 14 de julho de 2017 no Diário Oficial. Além de grandes cervejarias, a cidade também se tornou referência na produção de cerveja artesanal.

A lei de incentivo à instalação de micro cervejaria artesanal e de brewpubs (bares que produzem e vendem a própria cerveja) foi sancionada em 11 de outubro de 2017.


Um ato, na sede da prefeitura, com cervejeiros e equipes de secretarias e do legislativo envolvidos no programa de incremento do setor, marcou o início da vigência da lei 7565 que estabelece maior simplificação de licenças ambientais e agilidade na instalação destes novos negócios. A nova legislação disponibiliza áreas públicas para a comercialização das cervejas, como a Deguste, e estabelece que este segmento terá certificação e reconhecimento pelo poder público. A cidade conta com cerca de 20 micro cervejarias.

Petrópolis Capital Estadual da Cerveja


Incentivo Fiscal

Incentivo Fiscal

A lei 6.018, criada em 2003, já beneficiou 360 empresas. Quase um bilhão foi investido na cidade e mais de 20 mil empregos diretos e indiretos foram gerados. A lei dispõe sobre a concessão de incentivos fiscais e econômicos para que empresas se estabeleçam no município ou ampliem suas atividades com objetivo de desenvolver a economia da cidade.

Entre os incentivos fiscais concedidos às empresas estão isenção de IPTU, da taxa de licença para estabelecimento e para execução de obras, ITBI e redução da base de cálculo do ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza), dependendo da proposta de investimento e de geração de emprego.



Espaço Empreendedor - Avenida Barão do Rio Branco, 2.846 - Centro - Petrópolis - RJ - Tel.: 2233-8215